Apagão nuclear no Japão até Maio



As ruas desertas de Tomioka, dentro da zona de exclusão de 20 quilómetros em redor da central de Fukushima. (Foto: Stringer/Reuters)

O Japão poderá ter todos os seus 54 reactores nucleares parados durante o Verão, admitiu nesta quinta-feira o ministro da Indústria. O Governo já está a estudar planos de emergência para enfrentar um eventual apagão.

Dos 54 reactores do país, apenas cinco estão ainda em actividade. Mas até Maio estes cinco deverão ser desligados para inspecções regulares e ninguém sabe quando voltarão a funcionar. Nem mesmo o ministro da Indústria Yukio Edano. “Se fixarmos uma data para a reentrada em funcionamento, isso significaria que estávamos a tirar conclusões precipitadas sobre a segurança dos reactores”, disse o ministro à agência Dow Jones Newswires.

A dor de cabeça da indústria nuclear nipónica começou a 11 de Março, quando um tsunami, causado por um sismo, atingiu a central de Fukushima, no Nordeste do país, destruindo os sistemas de arrefecimento.

Imediatamente a esta catástrofe, 15 reactores foram desligados nas centrais da região Nordeste. Hoje, 49 não estão a funcionar, quer por questões de manutenção regular (obrigatória depois de 13 meses de exploração), ou por causa de abalos sísmicos. A sua entrada em funcionamento tem sido condicionada pela realização obrigatória de testes de resistência, nomeadamente a catástrofes naturais como a de 11 de Março, e pela aprovação das autoridades locais, algumas muito renitentes em voltar a confiar no nuclear.

O governador da província de Fukui, onde está instalada a central nuclear Oi, disse ao jornal Mainichi que os testes de resistência não são suficientes enquanto critério para determinar se os reactores poderão ser reactivados. “Não passam de uma simulação. Não foram determinados padrões claros sobre de que forma os resultados destes testes serão usados para decidir se os reactores estão prontos para funcionar.”

De qualquer forma, o ministro Yukio Edano rejeitou a possibilidade de acelerar a realização dos testes de resistência para permitir uma entrada em funcionamento dos reactores mais cedo, mesmo que reconheça que “passar o Verão sem energia nuclear seja extremamente difícil”. Antes de Fukushima, a energia nuclear gerava 30% de toda a electricidade consumida no Japão.

“Devemos desde já tomar medidas para o caso de nenhuma central nuclear estar em funcionamento nos próximos meses e sobretudo durante os picos de consumo estivais”, disse à agência. A companhia Tokyo Electric Power (Tepco), que explora as duas centrais da província de Fukushima e que abastece Tóquio, estima que é quase certo que nenhum dos seus reactores estará a funcionar neste Verão.

As companhias de electricidade apelam à população e às empresas para reduzirem os seus consumos e são forçadas a recorrer às centrais térmicas para compensar a suspensão do nuclear. O Governo estuda planos de emergência para enfrentar eventuais apagões e incentivos para a opção por aparelhos eléctricos e electrónicos mais eficientes.

Ontem, o Governo japonês foi alvo de uma chuva de críticas de populações, responsáveis locais e cientistas depois de, numa conferência de imprensa em Washington, ter sugerido que a duração de vida dos reactores nucleares no país seria alargada dos 40 para os 60 anos, em alguns casos. Hoje, o ministro responsável pela crise nuclear, Goshi Hosono, veio admitir a responsabilidade pela confusão criada por informações contraditórias e esclarecer que o limite é mesmo de 40 anos. Hosono considera ser extremamente difícil os reactores chegarem aos 60 anos, noticia a estação NHK.

Autor: AFP, Helena Geraldes
Fonte: Ecosfera / Público
Original: http://bit.ly/wIveG3


FOLLOW US / SIGA-NOS:
              

About these ads

Leave a Reply / Deixe um comentário

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: