França retoma proposta de taxação do CO2 em 2012


A França está novamente considerando o estabelecimento de uma cobrança relacionada ao carbono para os grandes emissores nacionais a partir de 2012, o que arrecadaria € 200 milhões para os cofres públicos.
O ministério do Orçamento anunciou a introdução de uma cobrança única sobre cerca de 400 indústrias que têm cotas de emissão de gases do efeito de ao menos 60 mil toneladas de CO2e no período 2008-2012.

A cobrança faz parte da resposta de Paris à obrigação dos países do bloco europeu de não distribuir mais gratuitamente permissões de emissão sob o esquema europeu de comércio de carbono que a partir de 2013.

“Não é uma taxa de carbono”, enfatizou o ministério da Ecologia. Inscrita no orçamento de 2012, a cobrança visa inicialmente cobrir gastos não previstos que precisam ser garantidas pelo ministério das Finanças, portanto não sendo uma taxa sobre o carbono, argumenta o ministério da Ecologia.

O jornal francês Le Figaro reportou uma faixa que varia entre 0,08% e 0,12% do volume de negócios das empresas ao invés de uma cobrança por tonelada de emissão.

Em 2010, a administração Sarkozy desistiu do plano de introduzir uma taxa por tonelada de CO2 após enfrentar forte oposição do setor empresarial. Na época, esperava-se a arrecadação de € 1,5 bilhões, cerca de seis vezes mais do que com a medida atual, segundo o Euractiv .

Autor: Fernanda B. Müller
Fonte: Instituto CarbonoBrasil / Agências Internacionais
Original: http://bit.ly/nnz2V7


FOLLOW US / SIGA-NOS:
              

Leave a Reply / Deixe um comentário

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: