Adiada candidatura de Açores a património geológico da Humanidade




Os Açores podem vir a ser o primeiro geoparque do mundo na condição de arquipélago. (Foto: Daniel Rocha)

O Comité Coordenador da Rede Europeia de Geoparques adiou para Março a decisão quanto ao reconhecimento dos Açores como património geológico da Humanidade, foi revelado nesta quinta-feira.

“A candidatura não foi rejeitada. Mas é a primeira vez que a Rede de Geoparques tem um arquipélago a querer associa-se-lhe e isso tornou-se um problema para a própria estrutura”, disse José Leonardo Silva, coordenador da candidatura dos Açores.

A informação foi divulgada no encerramento da 11.ª Conferência Europeia de Geoparques, que, reunindo cerca de 300 responsáveis de 42 países, foi este ano organizada pelo Geoparque de Arouca, em parceria com a UNESCO – Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura.

Para José Leonardo Silva, o adiamento “não foi uma desilusão”, porque em causa está apenas “um pedido de informação adicional” sobre o território das nove ilhas. “Não podemos pensar que isto foi um problema. Temos que pensar que estamos a colocar-nos do lado da solução”, sublinhou.

Em Portugal há actualmente dois geoparques: o de Arouca, cujos limites coincidem com aquele concelho, e o Naturtejo da Meseta Meridional, que abrange os municípios de Castelo Branco, Idanha-a-Nova, Nisa, Oleiros, Proença-a-Nova e Vila Velha de Ródão.

Segundo José Leonardo Silva, os Açores podem vir a ser o terceiro geoparque português e o primeiro do mundo na condição de arquipélago.

O Comité Coordenador da Rede de Geoparques “disse, e nós também achamos, que o Geoparque dos Açores é uma grande mais-valia para a Rede Europeia. Esperamos satisfazer todos os membros da Rede com as nossas respostas, para que consigamos entrar em Março próximo”, data da próxima reunião da estrutura, em Paris, acrescentou.

Ontem foram reconhecidos sete territórios como Património Geológico da Humanidade: Global Geopark da Catalunha Central (em Espanha), Bakani Baaton (Hungria), Sangingshan (China), Chablais (França), Carnic Alps (Áustria) e Batur (Indónesia), todos em registo de primeira adesão. O Geoparque da Ilha de Lesvos, na Grécia, também viu revalidada a sua classificação pela UNESCO, após um alargamento de território que obrigava a nova avaliação.

Autor: Lusa
Fonte: Ecosfera – Público
Original: http://goo.gl/uiWZQ


FOLLOW US / SIGA-NOS:
              

Leave a Reply / Deixe um comentário

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: